PHP Standards Recommendations

As recomendações padrões do PHP são especificações publicadas pelo PHP Framework Interop Group. Semelhantemente ao Java Specification Request for Java, serve para padronizar os conceitos de programação em PHP.

O que é PSR? E os objetivos do PHP-FIG

PSR significa PHP Standard Recommendation, são recomendações e padrões de desenvolvimento a serem seguidos e que não podem ser ignoradas. A importância das recomendações servem principalmente para manter o alto nível de interoperabilidade técnica do código, mantendo a capacidade de comunicação entre sistemas, API e componentes.

VEJA TAMBÉM:

Objetivos da comunidade

A ideia por trás do grupo é que os representantes do projeto falem sobre as semelhanças entre os nossos projetos e encontrem maneiras de trabalharmos juntos. O público principal é o outro, mas estamos bem cientes de que o resto da comunidade PHP está assistindo. Se outras pessoas quiserem adotar o que estamos fazendo, podem fazê-lo, mas esse não é o objetivo. Ninguém no grupo quer dizer a você, como programador, como construir seu aplicativo.

O grupo foi inicializado por um número de desenvolvedores de framework no php | tek em 2009. Desde então, vários outros membros se inscreveram e foram votados, aumentando o tamanho do grupo dos primeiros 5 para mais de 20.

Pode não ser um grupo “oficial” do PHP, mas se fosse o caso, quem faria a indicação? A FIG representa uma seção transversal da comunidade e, com o tempo, essa seção representará uma seleção mais ampla de projetos.

Pilares && Recomendações

Dentro da PSR existem 4 pilares centrais, que distribuem as recomendações de desenvolvimento, as quais são:

Com todas essas recomendações fica muito mais operável a construção de projetos, aliás, a escalabilidade e a rotatividade para os desenvolvedores são garantidas.

Uma comunicação global de serviços entre aplicações com padrões aberto, livres e disponíveis para acesso e implementação que independem de royalties, outras taxas ou discriminação de uso.

A recomendações mínimas exigidas para estar dentro dos padrões são: PSR-1, PSR-12, PSR-4. Com elas você tem um padrão básico de codificação, para garantir um alto nível de interoperabilidade técnica entre códigos compartilhados. E reduzir o atrito cognitivo ao escanear códigos diferentes mantendo um guida de estilo de codificação. Além disso, o carregamento automático e interoperável das classes.

Uma forma mais prática, inteligente e interoperável de criar seu autoload usando o composer para gerenciar todas as dependências do projeto.

Gostou deste conteúdo? Deixe o seu comentário.

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.