03 dezembro 2022
InícioDesenvolvimento WebO que é o Google Search Console: como começar

Muitas estratégias de marketing visam fazer com que a página de uma empresa se destaque nos mecanismos de busca. Nesse caso, o Google Search Console pode ser uma ferramenta obrigatória para ajudá-lo a buscar os melhores resultados em sua segmentação online.

Isso ocorre porque esta solução fornece dados relevantes sobre o desempenho do site. Portanto, a análise dessas informações pode ajudar a orientar as equipes de marketing para otimizar as estratégias. Você já conhece esse recurso do Google?

Portanto, continue lendo este guia para saber o que é o Google Search Console, como funciona e como usar essa ferramenta em sua estratégia de marketing. Verificar!

O que é o Google Search Console?

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita desenvolvida e fornecida pelo Google. Sua finalidade é possibilitar o monitoramento do site para verificar o desempenho das buscas realizadas neste buscador. Portanto, há uma oportunidade de identificar problemas e propor soluções para melhorar os rankings.

Ou seja, a solução traz informações relevantes para ajudar a otimizar seu site para os mecanismos de busca. O motivo é que ele fornece dados coletados pelo próprio Google. Portanto, é mais eficiente identificar possíveis erros e falhas em sua página ou estratégia aplicada.

Dessa forma, o Google Search Console é importante porque trará dados e métricas para analisar os resultados obtidos por meio do marketing digital. A partir disso, surge a oportunidade de determinar a causa do mau posicionamento, por exemplo, para poder aplicar uma solução eficaz ao problema.

Como funciona o Google Search Console?

O Google Search Console tem vários recursos e é intuitivo de usar. Sua interface foi desenvolvida para ser educacional, com o Google disponibilizando manuais e canais completos para mostrar como usar o sistema.

No entanto, ser capaz de usar a ferramenta de forma otimizada apresenta alguns desafios. Portanto, é necessário entender as principais funções que podem ser acessadas a partir do menu à esquerda. Confira!

Página de visão geral
O primeiro item é um relatório geral. Ele exibe trechos de site no Google Search Console. Neste caso, todas as informações são apresentadas de forma simplificada. No entanto, a página já permite revisar alguns problemas de desempenho, cobertura e segurança. Ainda assim, há uma oportunidade de identificar possíveis melhorias.

Relatório de desempenho
Os relatórios de desempenho fornecem informações completas sobre o tráfego e as impressões do site. Aqui, você pode configurar e comparar diferentes tipos de pesquisas, como páginas da web, imagens, notícias e vídeos. Você também pode configurar diferentes períodos de análise e comparar o desempenho em dias diferentes.

Além de um gráfico completo com todas as informações (incluindo CTR e posição média), considere avaliar dados específicos como:

  • Consultas: Exibe as principais consultas que fizeram seu site aparecer nos resultados do Google, mostrando o número de impressões e cliques de cada consulta;
  • páginas: trazem as páginas principais do site, considerando o número de cliques e impressões;
  • País: Liste as origens com mais cliques e impressões;
  • Dispositivos: exibe o desempenho de telefones, computadores e tablets
  • Lado de pesquisa: exibe dados como visitas via Google Web Light – ferramenta para otimização de sites em conexões lentas;
  • Data: traz um relatório completo do número de cliques e impressões gerais no site a cada dia.
  • Verificador de URL
  • Utilizando as ferramentas já citadas, você terá uma visão geral do site. No entanto, a análise específica de URLs também é possível.

Nesse caso, basta colar o endereço desejado e receber um relatório mostrando:

  • se o URL pode aparecer nos resultados de pesquisa do Google;
  • como a página é indexada;
  • Pontos de melhoria (facilidade de uso, indicador de localização e caixa de pesquisa em dispositivos móveis);
  • Vale a pena notar que você ainda pode gerar relatórios mais detalhados, testar URLs publicados e obter informações mais detalhadas de verificações de endereço.

Relatório de cobertura (páginas)
Esse recurso permite que você saiba quantas páginas do seu site estão indexadas e quantas ainda não estão. Ou seja, mostra o número de endereços em sua propriedade que podem aparecer nos resultados de pesquisa do usuário.

Para complementar a busca, vale a pena aprofundá-la com diferentes filtros. Por exemplo, você pode visualizar o número de endereços indexados ou não indexados:

  • páginas conhecidas;
  • Todas as páginas submetidas;
  • Apenas páginas não enviadas.

Ele ainda fornece o motivo pelo qual a página não está indexada, o que ajuda na implementação da solução. O relatório também mostra páginas que foram rastreadas ou detectadas, mas não indexadas, mas que podem gerar resultados no futuro. Por exemplo, esses dados podem direcionar estratégias de otimização.

Relatório de mapa do site
Sitemaps são mapas de site gerados por desenvolvedores. Eles mostram todas as subpáginas do domínio para que o Google possa obter mais informações ao procurar possíveis resultados de pesquisa.

A partir desse relatório, você pode determinar quais sitemaps foram enviados e acessar estatísticas importantes, incluindo status, data da última leitura e URLs descobertos a partir deles. Se necessário, os desenvolvedores podem ser notificados para retrabalhar o mapa do site e promover melhorias antes de novos commits.

Remover página
Em alguns casos, as páginas indexadas não interessam à sua estratégia. Nesse caso, excluir a página ajuda nessa tarefa. Possui um campo para solicitar a remoção temporária dos registros do site, incluindo remoções emergenciais.

Portanto, os URLs podem ser bloqueados nos resultados por cerca de 6 meses. No entanto, para remoção permanente, a página deve ser bloqueada para indexação ou removida do site. Essa página também exibe a remoção e o status das solicitações (por você ou por terceiros), incluindo conteúdo desatualizado e filtragem SafeSearch.

Para que serve o Google Search Console?

Conhecer essa ferramenta facilita o entendimento de sua finalidade. Na prática, pode trazer informações relevantes para orientar as estratégias de marketing, analisar os resultados obtidos e implementar melhorias.

O Google Search Console pode complementar qualquer análise, mesmo que você use outras ferramentas que gerem dados relevantes. Afinal, o Google é o principal buscador utilizado em todo o mundo. Como tal, os dados que produz trazem insights importantes.

Por exemplo, ajuda a identificar erros nas páginas do seu site que impedem que os resultados sejam indexados na pesquisa. Ele também mostra pesquisas que resultam em cliques, bem como pesquisas que não resultam em cliques, embora mostrem aos usuários seu site.

Dito isso, as informações que as ferramentas podem acessar são valiosas para quem busca otimizar as estratégias de marketing. Dessa forma, os recursos investidos podem ser direcionados de forma mais eficiente.

Como criar uma conta?

Para usar o Google Search Console, você precisa ter e-mail no Gmail. Portanto, se você ainda não o fez, faça esta etapa primeiro. Em seguida, acesse o site da ferramenta e faça o login com seu e-mail e senha.

A próxima etapa é configurar os sites que você deseja rastrear. Isso é feito clicando na opção “Adicionar atributo”. Escolha a opção de inserir um domínio (incluindo todos os URLs em todos os subdomínios) ou um prefixo de URL.

O primeiro caso é quando você deseja garantir que a ferramenta recupere dados de diferentes caminhos de acesso e protocolos. Portanto, os dados são entregues de forma mais ampla.

Por outro lado, o segundo caso traz opções mais limitadas. Isso porque um acordo específico deve ser considerado para registrar o imóvel. Essa situação costuma ser mais apropriada quando há necessidade de limitar os dados coletados. Após preencher as alternativas necessárias, a ferramenta listará os próximos passos.

Resumidamente

O que é o Google Search Console?

É uma ferramenta gratuita do Google para monitorar e analisar o desempenho do seu site nas pesquisas dos usuários.

Para que serve o Google Search Console?

Disponibiliza aos utilizadores diversas ferramentas e relatórios para analisar os resultados obtidos através deste site. A ferramenta também permite identificar possíveis problemas para desenvolver as soluções necessárias.

Quais são as principais ferramentas do Google Search Console?

A solução possui diversas ferramentas, estruturadas através dos seguintes menus:

  1. Relatório geral;
  2. Relatório de desempenho;
  3. Ferramenta de verificação de URL;
  4. Relatório de cobertura;
  5. Relatório de mapa do site;
  6. Remova as páginas
  7. Relatório de Disponibilidade Móvel;
  8. Métricas da Web em relação ao uso geral do site;
  9. Relatório de status de pesquisa aprimorado;
  10. Relatório de ação manual;
  11. Relatar preocupações de segurança;
  12. Relatório de links internos;
  13. Ferramentas e relatórios legados;
  14. Sobre o Search Console.

Como instalar o console de pesquisa do Google?

Você deve ter uma conta do Gmail para acessar esta ferramenta. Em seguida, selecione a opção “Adicionar Atributo” e siga todos os passos que aparecem na tela.

Como o Google Search Console é usado?

A ferramenta deve ser utilizada a partir de uma estratégia de marketing para determinar quais dados observar e poder aplicar melhorias notadas pela ferramenta ou notadas a partir de relatórios de avaliação.

Por fim, você pode acessar esse conteúdo adicional sobre Google Search Console, clicando aqui!

ARTIGOS RELACIONADOS