fbpx

Laravel: Framework PHP


Olá mundo, hoje iremos falar sobre o queridinho da galera no desenvolvimento web, o Laravel Framework PHP. De maneira mais simples e objetiva, um Framework é um conjunto de funcionalidades que auxiliam o desenvolvedor a criar aplicações de forma mais rápida. Vamos agora desmitificar esse maravilhoso Framework que está na sua versão 8.0.0 atualmente.

Desmitificando o Laravel

Laravel é um framework PHP livre e open-source criado por Taylor B. Otwell para o desenvolvimento de sistemas web que utilizam o padrão MVC (model, view, controller). Algumas características proeminentes do Laravel são sua sintaxe simples e concisa, um sistema modular com gerenciador de dependências dedicado, várias formas de acesso a banco de dados relacionais e vários utilitários indispensáveis no auxílio ao desenvolvimento e manutenção de sistemas.  

De acordo com uma pesquisa feita em Março de 2015 com desenvolvedores, o Laravel foi listado como o framework PHP mais popular de 2015, seguido pelo Symfony2, Nette, CodeIgniter, Yii2 e outros. Em Agosto de 2015, o Laravel já era o principal framework de projetos PHP no GitHub.


Laravel foi desenvolvido sob o MIT License, tendo seu código-fonte hospedado no GitHub. Atualmente encontra-se na versão 7.3.0.

O Laravel é um dos Frameworks PHP mais utilizado no mercado.

Caso você não saiba:

Um framework é um facilitador no desenvolvimento de diversas aplicações e, sem dúvida, sua utilização poupa tempo e custos para quem o utiliza, pois de forma mais básica, é um conjunto de bibliotecas utilizadas para criar uma base onde as aplicações são construídas, um otimizador de recursos.

Tem como principal objetivo resolver problemas recorrentes com uma abordagem mais genérica. Ele permite ao desenvolvedor focar nos “problemas” da aplicação, não na arquitetura e configurações.

História do Laravel

Desenvolvido por Taylor B. Otwell, tendo sua primeira versão beta lançada em meados de Junho de 2011, o Laravel é um Framework Open Source sob a licença MIT, criado com o propósito de ser uma alternativa mais avançada do CodeIgniter. Atualmente, se encontra na versão 5.8, tendo seu código-fonte hospedado no GitHub.

Recursos do Laravel

Dentre os diversos recursos do Laravel, podemos citar como principais:

VEJA TAMBÉM:

Sistema de template (Blade):

O Laravel possui um sistema de template que facilita a criação da camada de visualização de dados (Páginas HTML). Com ele, podemos facilmente criar páginas simples e intuitivas de forma rápida e eficaz. Dentre alguns dos recursos do Blade, se destacam: Herança de layouts, sistema de tags, seções e uso de código PHP nos templates.

Imagem código laravel
Template exemplo…

Módulo de autenticação

O Laravel possui, por padrão, um módulo de autenticação/autorização completo que provê todos os recursos para sua implementação, como: Autenticação de usuários, autorização de usuários, recuperação de senhas, logout, controle de sessão e cadastro de usuários.

Tela modulo de autenticação laravel
Sistema de login…

Eloquent ORM:

Com o Laravel não precisamos criar códigos SQL para manipular ou criar tabelas no Banco de Dados. Todo processo é feito utilizando código PHP que, posteriormente, será convertido em instruções SQL. Implementa o padrão Active Record, onde cada model da aplicação representa uma tabela no banco de dados.

Padrão MVC

O Laravel utiliza o padrão MVC (Model, View e Controller) que, basicamente, funciona da seguinte forma:

  • Model é a camada responsável pela parte lógica da aplicação, ou seja, todos os recursos da sua aplicação (consultas ao BD, validações, notificações, etc), mas ele não sabe quando isso deve ser feito, a camada de model apenas tem o necessário para que tudo aconteça, mas não sabe quando irá executar.
  • View é a camada responsável por exibir dados para o usuário, seja em páginas HTML, JSON, XML, etc. A camada View não possui responsabilidade de saber quando vai exibir os dados, apenas como irá exibi-los.
  • Controller é o famoso “meio-de-campo” da aplicação. Essa é a camada que sabe quem chamar e quando chamar para executar determinada ação.

Basicamente, o MVC funciona da seguinte forma:

Ao receber uma requisição, o Controller solicita ao Model as informações necessárias (que virão do banco de dados), que as obtém e retorna ao Controller. De posse dessas informações, o Controller as envia para a View que irá renderizá-las.

Diagrama MVC
Modelo de MVC

Vantagens em utilizar o Laravel

  • Simples e fácil;
  • Documentação completa;
  • Amplamente utilizado;
  • Comunidade ativa;
  • Gratuito.


Comente:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.