Conceitos básicos do Visualg

1
42

Neste artigo irei deixar alguns conceitos básicos do Visualg para criação de lógicas computacionais e rotinas. Você precisará fazer o download do Visualg uma aplicação desenvolvida pelo Profº Claudio Morgado.

Visualg significar visualizador de algoritmo, e auxilia nos estudos para criação de lógicas, faça o download.

O que é Algoritmos e Algoritmos computacionais ?

Definição de algoritmos: É todo tipo de rotina no seu dia-a-dia.

Definição de algoritmos computacionais: São passos a serem seguidos por um módulo processador e seus respectivos usuários que, quando executados na ordem, correta, conseguem realizar determinada tarefa.

Modulo Processador: É tudo aquilo que pode ser programável, ex: computadores, smartphone, smart TV, Arduino, raspberry e outros dispositivos.

Usuários: Quem irá utilizar os algoritmos desenvolvidos para resolver problemas.

Tarefas: É uma necessidade que o usuário esteja precisando.

Onde estão os algoritmos computacionais ?

Você acaba utilizando os algoritmos computacionais: sistemas de gestão, home banking(bancos digitais), redes sociais(facebook, twitter), jogos e etc..

O que é Portugol ?

Portugol representa a lógica de programação antes de aplicar a conversão da lógica para a programação.

Comando de Saída:

Podemos utilizar comandos de saída dentro do Visualg como: comando Escreva ou Escreval (“Escreva alguma coisa”); E também podemos criar variáveis.

O que são variáveis: São espaços vazios dentro da memória que podem ser preenchidos por tipos de objetos.

Ex: identificadores:tipos

Os identificadores, serve para identificar certos tipos de variáveis. E quais os tipos de identificadores que podem ser utilizados ? Existem Regras para se aplicar identificadores válidos.

  1. Deve começar sempre com uma letra.
  2. Os próximos podem ser letras ou números.
  3. Não pode utilizar nenhum símbolo, exceto _ (underline)
  4. Não pode conter espaços em branco.
  5. Não pode conter letras com acentos.
  6. Não pode ser uma palavra reservada.

Logo abaixo, vou deixar alguns exemplos de identificadores que são válidos e inválidos.

  • Letra1: identificador válido.
  • Média: identificador inválido.
  • Salário Bruto: identificador inválido
  • 9dade: identificador inválido.
  • Algoritmo: identificador inválido pois é uma palavra reservada.
  • Inicio_Algoritmo: junção de inicio com algoritmo acaba não sendo uma palavra reservada e pode ser um identificador válido para uma variável.

Tipos Primitivo:

Inteiro: Permite a variável guardar número inteiros, ex: 1 4 -5 105 0

Real: Permite números fracionais, ex: 0.5 5.0 9.8 -80.2 a regra para números inteiros e reais são em caso de você utilizar (.) pontos para diferenciar fracionários de inteiros, então atribua apenas para números reais e não em inteiros e (.) pontos ao invés de vírgulas para separar as frações.

Caractere: Tudo o que é colocado entre as aspas, ex: “algoritmo”, “123”(deixa de ser um tipo inteiro e passa a ser um tipo caractere por estar dentro das aspas) e “Astronauts”.

Lógico: Valores booleanos (verdadeiro, falso) o famoso true e false !

E por fim teremos a atribuição, que é quando, á variável irá receber o caractere do tipo “olá, mundo !”.

Atribuindo: Váriavel msg <- recebe “Olá, mundo !” do tipo Caractere.

Encerramos neste artigo algumas explicações básicas para estudos sobre Visualg e Algoritmos Computacionais utilizados para criar lógicas. Por fim, confira também:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.