Automação Residencial tendências do futuro

Se chegou até aqui afim de entender e conhecer automação residencial, e agora com a grande popularização do home office a tendência do futuro humano é integrar a sua casa á um formato automatizado.

Temos inúmeros produtos tecnológicos que funcionam por meio de algum dispositivo inteligente, podemos citar a Alexa da Amazon que é integrado á seus dispositivos como: Echo Dot, o relógio totalmente inteligente, capaz de informar notícias, buscar músicas nos Streamings(Spotify, Deezer e iTunes) e tudo apenas com o comando de voz.

E como funciona essa grande tendência?

A automação Residencia é mais conhecida como Smart house, que também pode ser chamada de automação residencial, é o uso de dispositivos domésticos que se conectam por meio de uma rede, mais comumente uma LAN local ou Internet.

Echo Dot 3ª Geração – Amazon Inc.

 

VEJA TAMBÉM:

Ele usa dispositivos como sensores e outros aparelhos conectados à Internet das coisas (IoT) que podem ser monitorados, controlados ou acessados ​​remotamente e fornecem serviços que respondem às necessidades percebidas dos usuários. Significa Self-Monitoring Analysis and Reporting Technology

Entenda sobre a tecnologia usada

A tecnologia foi desenvolvida originalmente pela IBM e era conhecida como análise preditiva de falhas. Os primeiros produtos contemporâneos de tecnologia doméstica inteligente foram disponibilizados aos consumidores entre 1998 e o início dos anos 2000. 

A tecnologia de casa inteligente permite que os usuários controlem e monitorem seus dispositivos domésticos conectados a partir de aplicativos de casa inteligente, Smartphones ou outros dispositivos em rede. 

Os usuários podem controlar remotamente sistemas domésticos conectados, estejam eles em casa ou fora. Isso permite um uso mais eficiente de energia e eletricidade, além de garantir a segurança de sua casa. 

A tecnologia de casa inteligente contribui para a melhoria da saúde e do bem-estar acomodando pessoas com necessidades especiais, especialmente idosos. 

A tecnologia de casa inteligente agora está sendo usada para criar cidades inteligentes .Uma cidade inteligente funciona de forma semelhante a uma casa inteligente, onde os sistemas são monitorados para administrar as cidades com mais eficiência e economizar dinheiro.

gold Apple iPhone smartphone held at the door
Controle Automação via App da fechadura…

Em 2015, a peça mais comum de tecnologia de casa inteligente nos Estados Unidos eram os sistemas de alto-falantes sem fio, com 17% das pessoas possuindo um ou mais. Termostatos inteligentes foram a segunda peça mais prevalente de tecnologia de casa inteligente, com 11% das pessoas usando esses dispositivos. 

Um relatório de consumidor de 2012 que extraiu dados da National Association of Home Builders analisou quais tipos de dispositivos domésticos inteligentes os proprietários mais queriam e descobriu que os cinco principais eram sistemas de segurança sem fio (50%), termostatos programáveis (47%), câmeras de segurança (40%), sistemas de controle de iluminação (39%), sistemas de áudio domésticos sem fio (39%), sistemas de home theater (37%) e HVAC de várias zonassistemas (37%). As previsões da indústria prevêem que até 2021, a casa média norte-americana terá 13 dispositivos inteligentes em sua casa. 

Vulnerabilidades – Automação Residencial

Sistemas de tecnologia de casa inteligente foram explorados para realizar o ataque dirigido de negação de serviço (DDoS) em outubro de 2016. Esses dispositivos, que são conectados pela Internet das coisas , apresentam riscos inerentes de violações de segurança. Os hackers visaram dispositivos inseguros que incluem tecnologia de casa inteligente e os infectaram com código malicioso para formar um botnet e realizar o ataque. 

Um estudo estima que pelo menos 15% dos roteadores domésticos não são protegidos com senhas fracas ou padrão. Existem mais de 13 bilhões de dispositivos digitais e eletrônicos interconectados em todo o mundo; o ataque DDoS de outubro de 2016 mostrou que uma pequena porcentagem de dispositivos vulneráveis ​​pode ter um impacto devastador.

5 ótimos benefícios do uso de iluminação na automação residencial

  • Integração da automação de iluminação residencial com outros sistemas.
  • Economia de energia = ROI de longo prazo.
  • Personalização com automação de iluminação residencial.
  • Produto de estilo e qualidade de vida.
  • Adaptação ao mercado de automação condominial.

Quanto custa um sistema de automação residencial?

Em todo caso não há como negar, casas inteligentes são legais. Mas eles valem todo esse investimento? Bem, isso realmente depende de por que você está querendo uma casa inteligente e quais recursos você pretende adicionar.

A situação para cada uma das pessoas é diferente, por isso não existem soluções padronizadas. O que podemos fazer, no entanto, é olhar para cada elemento diferente das casas inteligentes e tentar obter uma estimativa ampla.

Algumas pessoas podem pensar que você pode obter algumas luzes inteligentes e alguns controladores e, poof, sua casa magicamente se completa. Não é bem assim que funciona.

A configuração não apenas leva algumas tentativas e erros,mas, na verdade, o planejamento de todos os recursos que você deseja em sua casa exigirá algumas pesquisas e um pensamento crítico.

Não planejar sua casa inteligente é uma ótima maneira de adicionar um monte de coisas caras em suas características,mas que você nunca precisou.

Antes de começar a planejar a automação da sua casa,provavelmente é uma boa ideia entender exatamente por que você planeja modernizar sua residência em primeiro lugar.

Gostou deste conteúdo? Deixe seu comentário.

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.